Tosta de barricas

Screen Shot 2016-08-20 at 9.53.57 PM

Projetovinhobrasil: Você provavelmente já viu ou ouviu falar que determinada bebida passou por um estágio barris de carvalho, mas você sabe quais os efeitos desse processo na elaboração de um vinho?

A passagem do vinho por barricas de carvalho faz com que o vinho adquira aromas próprios da madeira, além de promover um afinamento de seus taninos e auxiliar na sua estabilização.

As principais características das barricas são: A capacidade que elas têm de permitir que o vinho “respire” através dos micros poros da madeira, executando a chamada micro-oxigenação.

A segunda função da barrica é atribuir ao vinho aromas que são próprios da madeira e se liberam mediante o aquecimento de sua superfície.

Por isso as barricas são tostadas antes de receberem os vinhos. Dependendo do grau da tosta, diferentes aromas são conferidos à bebida, da baunilha a aromas mais intensos, como café, pão torrado, etc.

Por fim, a passagem em barricas auxilia o vinho em sua estabilização. Durante a micro-oxigenação as moléculas de oxigênio que penetram na madeira e alcançam o vinho se ligam aos taninos mais rústicos e pesados, fazendo com que eles se precipitem no fundo da barrica.

Com isso, no momento do engarrafamento do vinho, somente os taninos mais finos estarão presentes na bebida, garantindo ao vinho uma característica mais redonda e aveludada.

Fonte Carlos Alberto Barbosa – Site Terra

Curtiu este post? Compartilhe!